Rua José Pugliesi Filho, 886 -
Santa Margarida-Campinas-SP,
CEP: 13085-415

Av. Francisco Cândido Xavier,
520 - Village-Campinas-SP,
CEP: 13086-702

(19) 3287 5355

História

Nossa História

linha-titulo

No ano de 1970, o senhor Jason Roque de Castilho e sua esposa senhora Valdete Lange de Castilho iniciaram um pequeno negócio no bairro Guará, localizado no distrito de Barão Geraldo em Campinas. Esse negócio era conhecido como Bar do Castilho, situado na antiga Rua 8 que depois passou a ser Rua Abílio Vilela Junqueira.

Como naquele momento o bairro estava começando a se formar, o negócio da família passou a se tornar um armazém de secos e molhados, pois o acesso a produtos alimentícios e de limpeza era mais difícil naquela época.

Em 1985 com o falecimento do fundador, seus filhos Jason Roque de Castilho Junior e Wagner Roque de Castilho deram seguimento ao negócio e também um novo rumo, transformando o armazém num mini mercado, carinhosamente conhecido pelos moradores do bairro como Mercadinho Guará.

Em 2002, os sócios inovaram mais uma vez associando o mercado a uma rede, conhecida como Rede Smart, buscando adquirir conhecimento e tecnologia para oferecer cada dia melhor qualidade nos preços e serviços para satisfazer os clientes.

O ano de 2006 foi marcado por mais uma mudança, onde a localização do mercado passou a ser na Rua José Pugliesi Filho nº886, oferecendo acesso mais fácil aos clientes por se tratar de uma das principais ruas do Bairro Guará.

O Bairro Guará

linha-titulo

História do surgimento do nome do Bairro Guará

Por volta de 1958, dois sítios, Belvedere do proprietário Marco Grigol e Santa Margarida pertencente a Luciano Eugenio Genevois, formaram a região conhecida atualmente por Bairro Guará, em Campinas.

Nessa época um grupo de 7 jovens com aproximadamente 10 anos cada, costumava se reunir aos sábados e domingos para jogar futebol.

O lugar escolhido para realizar as partidas ficava no sítio Belvedere, onde tinha uma mata nativa, atrás da trave do gol, formada por plantas de guaraguatá. Durante os jogos, devido as condições do local o senhor Marcos Gregorio Filho mais conhecido como “Marqueto” pai do João Batista Gregório (pezão), gritava aos jogadores pedindo cuidado ao chutar a bola, pois uma vez que ela caísse entre os guaraguatás, seria difícil retira-la de lá.

Devido a isso o time acabou sendo apelidado de “Time do Guaraguatá”, ganhando até uma placa feita por Jurandir, morador do local. Com o número de jogos crescendo e a disputa contra os times vizinhos, os jogos passaram a ser radializados pela Rádio Educadora AM a pedido de cartas enviadas pelos moradores Jurandir Grigol e Albino.

Pedro Azevedo, radialista da época, pediu aos dirigentes que o nome do time fosse mudado, uma vez que era muito complicado pronunciá-lo. Foi dessa maneira que Jurandir e Albino resolveram mudar o nome do time e passou a se chamar Guará.

A partir disso, em meados de 1980, o Sr. José Camargo da Associação de moradores do bairro registrou junto a prefeitura o nome desse lugar.

Historias baseada por relatos dos moradores do bairro. (Wilson Gregório e Jurandir Grigol)